Skip to content Skip to footer

PROJETOS FINANCIADOS

Serviços de Psicologia e Orientação

O Serviço de Psicologia e Orientação (SPO) está integrado na rede de ensino público e constitui uma unidade especializada de apoio educativo integrado na rede escolar, que atuam em estreita articulação com outros serviços de apoio educativo. Um dos principais objetivos é garantir a existência de condições que assegurem a plena integração/inclusão escolar dos alunos, em especial dos alunos com necessidades individuais, devendo conjugar a sua atividade com as demais estruturas de orientação educativa.

De entre as suas dinâmicas, destaca-se:

  • o acompanhamento psicológico e psicopedagógico, nos termos do ponto 3, artigo 6º, do Decreto-Lei nº 190/91, de 17 de maio;
  • a orientação Escolar, Vocacional e Profissional, nos termos do ponto 5, artigo 6º, do Decreto-Lei nº 190/91 de 17 de maio;
  • o apoio ao nível do desenvolvimento do Sistema de Relações da Comunidade Educativa, nos termos 4, artigo 6º, do Decreto-Lei nº 190/91, de 17 de maio.
  • a intervenção ao nível grupal incidindo em várias problemáticas que vão surgindo ao longo do ano letivo.

 

As atividades desenvolvidas pelo SPO são definidas em articulação com a direção da escola, com base nas áreas de intervenção prioritárias, selecionadas em consonância com o Projeto Educativo da Escola, com o Referencial Técnico para os Psicólogos Escolares e o Código deontológico da Ordem dos Psicólogos Portugueses.

Plano de Desenvolvimento Pessoal, Social e Comunitário

Programa Nacional de Promoção do Sucesso Escolar

 

O Agrupamento de Escolas de Ílhavo acolheu, ao abrigo deste programa, uma psicóloga especializada para apoio aos nossos alunos.

Duração do Apoio: 18 horas semanais, garantindo assistência contínua e eficaz.

Origem da Iniciativa: Integração no programa de Desenvolvimento Pessoal, Social e Comunitário, aprovado pelo Ministério da Educação.

Objetivos do Suporte: 

  • acolhimento e adaptação dos alunos ao ambiente escolar;
  • reforço das aprendizagens e acompanhamento psicoeducativo;
  • promoção do bem-estar psicológico e desenvolvimento de competências sociais;
  • estímulo à participação comunitária e interação social positiva.

Serviços oferecidos:

  • atendimento individualizado e em grupo;
  • workshops e sessões de desenvolvimento socioemocional;
  • programas de prevenção e intervenção em situações de bullying;
  • estratégias para a promoção da confiança e gosto pela escola.

Benefícios esperados:

  • melhoria no desempenho e sucesso escolar dos alunos;
  • fortalecimento das relações interpessoais entre alunos;
  • aumento da resiliência e capacidade de enfrentamento dos alunos;
  • envolvimento ativo da comunidade escolar em atividades de desenvolvimento pessoal e coletivo.

O compromisso do Agrupamento continua a ser apoiar e desenvolver iniciativas que promovam um ambiente educativo saudável e inclusivo.

Este é um marco importante para o nosso agrupamento, refletindo o nosso empenho na promoção de um ambiente educativo que valoriza o desenvolvimento integral dos nossos alunos.

 

Ciência Viva

Iniciativa educativa promovida pela Direção Geral da Educação e desenvolvida pelo Agrupamento de Escolas de Ílhavo focada na inovação e integração do conhecimento académico.

Objetivos:

  • atender às necessidades individuais de aprendizagem, promovendo uma educação personalizada;
  • adoção de metodologias ativas de aprendizagem para estimular a participação dos alunos e o desenvolvimento de competências essenciais como pensamento crítico e criatividade;
  • integração de tecnologias digitais avançadas, facilitando o acesso ao conhecimento e incentivando a interação produtiva entre alunos e docentes;
  • preparação dos alunos para os desafios da sociedade digital, através de uma abordagem consciente ao uso de tecnologias de informação e comunicação.

Este projeto representa uma contribuição significativa para a melhoria do ambiente educativo, preparando os alunos de forma eficaz para enfrentarem um futuro dinâmico e em constante evolução. Através dele, reforçamos o nosso empenho em fornecer uma educação de qualidade, respondendo às exigências de uma sociedade que se transforma rapidamente.

Laboratório de Educação Digital (LED)

 

O Agrupamento de Escolas de Ílhavo (AgEI) foi contemplado com a atribuição dos Laboratórios de Educação Digital (LED) 1 e 2, no âmbito da Componente C20 do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR).

    • Objetivo dos laboratórios: os LED 1 e 2 destinam-se a enriquecer a experiência educativa dos nossos alunos, integrando tecnologias digitais no processo de ensino-aprendizagem e desenvolvendo competências digitais fundamentais.

    • Especificidades dos LED atribuídos:

      • LED 1: Equipamento comum, focado na Área da Programação e Robótica, além da Área STEM (Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática). Local de implementação: Escola Básica José Ferreira Pinto Basto 
      • LED 2: Equipamento comum, com ênfase na Área da Programação e Robótica e na Área de Artes e Multimédia. Local de implementação: Escola Secundária Dr. João Carlos Celestino Gomes.

Impacto na aprendizagem: espera-se que a implementação destes laboratórios promova uma aprendizagem mais interativa e prática, incentivando os alunos a explorarem áreas STEM e Artes e Multimédia através de projetos inovadores.

Compromisso com a Inovação Educativa: O AgEI compromete-se a garantir as condições necessárias para o pleno funcionamento destes espaços, assegurando uma oferta educativa de vanguarda que prepare os nossos alunos para os desafios futuros.

Esta iniciativa representa um marco importante no compromisso do AgEI com a excelência e inovação educacional, reforçando o seu papel na formação de cidadãos aptos a navegar na era digital com confiança e criatividade.

Estado de implementação: aguardamos autorização para implementar este projeto, refletindo o nosso empenho na inovação.

 

Centro Tecnológico Especializado (CTE)

Informática

O  Agrupamento de Escolas de Ílhavo candidatou-se ao programa de Centros Tecnológicos Especializados (CTE), tendo sido atribuído um CTE na especialidade de Informática.

Finalidade do CTE de Informática: este centro visa a reequipação e o reforço da nossa infraestrutura tecnológica, bem como a modernização do plano formativo em consonância com as evoluções do mercado e do tecido produtivo nacional, focando-se especificamente no sector emergente da informática.

Financiamento do Projeto: O projeto beneficia de uma alocução orçamental significativa, assegurando o acesso a equipamentos de última geração e a uma infraestrutura tecnológica avançada.

Modernização de Equipamentos e Infraestruturas: Serão introduzidos equipamentos tecnologicamente avançados e realizadas atualizações infraestruturais para apoiar um ensino inovador e prático na área da informática.

Espera-se que a implementação do CTE enriqueça profundamente o processo de aprendizagem dos nossos alunos, dotando-os de competências altamente qualificadas e pertinentes para as exigências atuais do mercado de trabalho. Nomeadamente ao nível do(a): 

    • Promoção da formação profissional com dupla certificação: este centro irá potenciar a atratividade das formações de nível secundário com dupla certificação, preparando os estudantes para carreiras tecnológicas especializadas.
    • Incremento de diplomados em áreas emergentes: o objetivo passa por aumentar o número de jovens diplomados em tecnologias emergentes, contribuindo assim para o seu sucesso profissional e para o desenvolvimento socioeconómico regional.
    • Impacto comunitário: o CTE de Informática beneficiará não só os nossos estudantes mas também reforçará os laços do agrupamento com a comunidade envolvente, promovendo competências digitais essenciais.
    • Compromisso com a inclusão e a igualdade de oportunidades: o projeto enfatizará a importância da inclusão, assegurando que todas as oportunidades sejam igualmente acessíveis a todos os alunos, independentemente do seu contexto socioeconómico.
    • Prospectiva futura do agrupamento: este projeto representa um marco decisivo para o futuro do nosso agrupamento, posicionando-nos na linha da frente da educação tecnológica e profissional na nossa região.

É com entusiasmo que, apesar de ainda não implementado no terreno, antecipamos os benefícios e o impacto positivo que o CTE de Informática trará ao nosso agrupamento, aos nossos alunos e à comunidade alargada.

Estado de implementação: aguardamos autorização para implementar este projeto, refletindo o nosso empenho na inovação.

 

Plano 23|24 Escola +

Plano de Recuperação das Aprendizagens

 

O Agrupamento de Escolas candidatou-se ao programa “Recuperação das aprendizagens, promoção do sucesso escolar e combate às desigualdades”, sob o código PESSOAS-2024-1, destinado a fomentar o desenvolvimento educacional no contexto pós-pandemia.

Tendo como visão a recuperação das aprendizagens, o AgEI propõs-se a promover o sucesso escolar e combater as desigualdades estabelecendo pontes entre os seguintes domínios (D):

    • Leitura e Escrita (D1);
    • Recursos Educativos (D3)
    • Avaliação e Diagnóstico (D5);
    • Inclusão e Bem-estar (D6).

Alguns projetos/Atividades apoiados por este programa:

 

KaLGP

O projeto KaLGP é uma iniciativa da AgEI, uma escola de referência no ensino bilingue de alunos surdos. Resultante da parceria com a Fundação Altice, o projeto visa a tradução e interpretação de vídeos de matemática da plataforma de aprendizagem Khan Academy para a Língua Gestual Portuguesa. Essa tarefa interdisciplinar envolve docentes de matemática e intérpretes de língua gestual, com o objetivo de adaptar estratégias de ensino e produzir recursos específicos para alunos surdos. Os materiais pedagógicos estão disponíveis no canal YouTube do AgEI, sob a lista de reprodução KaLGP. Além disso, o projeto também inclui a produção de recursos bilingues em várias disciplinas, divulgados através do blogue “Arte nas mãos”.

Projeto 2P

Projeto 2P na Escola Básica José Ferreira Pinto Basto visa combater o incumprimento de normas e regras por parte de alguns alunos, resultando em ocorrências de indisciplina. Através de atividades coordenadas ao longo do ano, envolvendo professores, alunos, pais e outras entidades, promove-se uma “prevenção positiva”. Os grupos-turma acumulam peças-pontos com base em indicadores de desempenho, com o objetivo de premiar as conquistas alcançadas, culminando no final do ano com um prémio concedido pela Associação de Pais a cada Turma 2P.

Plano de Prevenção Anti-Bullying

O Plano de Prevenção Anti-Bullying “Escola sem Medos, Escola para Todos” do Agrupamento de Escolas de Ílhavo (2022-2025) aborda a violência escolar, fomentando um ambiente seguro e inclusivo. Reconhece o bullying, incluindo o cyberbullying, como um problema sério que prejudica o bem-estar dos estudantes. Pretende promover uma cultura de tolerância zero ao bullying, envolvendo ativamente toda a comunidade educativa na sua prevenção, através da formação de docentes, alunos, encarregados de educação e assistentes operacionais. Inclui diagnóstico para medir a prevalência do bullying e ações de sensibilização, assegurando a monitorização e avaliação das intervenções para garantir a eficácia das estratégias implementadas. 

Laboratório Digital de Aprendizagem Multissensorial (LDAM)

Concebido para oferecer uma experiência educativa inovadora, o LDAM integra várias modalidades sensoriais – visão, audição, tato e movimento – visando enriquecer a aprendizagem em áreas como matemática, ciências, línguas e expressão criativa. Este ambiente imersivo permite aos alunos explorar conceitos abstratos através de estímulos sensoriais diversificados, melhorando a compreensão e a memorização. Além disso, promove o desenvolvimento de projetos educativos inovadores, fomentando o pensamento crítico e a criatividade, assim como a capacidade de resolver problemas. Uma abordagem educacional focada na inovação, preparando os estudantes com competências multifacetadas para enfrentarem os desafios do mundo contemporâneo.

Estado de implementação: aguardamos autorização para implementar este projeto, refletindo o nosso empenho na inovação.